Sitre VI


Coordenadores: Prof. Dr. Samuel Pereira Campos (UEPA), Prof. Dr. Dileno Dustan Lucas de Souza (UFJF/FACED-PPGE)

Ementa: Esta mesa redonda tratará de questões de educação do campo e movimentos sociais do campo a partir das discussões realizadas por pesquisadores que atuam no estado do Pará. A experiência da educação do campo hoje no sul e sudeste do Pará é, em certo sentido, fruto da luta pela terra realizada pelos trabalhadores rurais a partir da década de 1970. Nessa região, segundo os dados do INCRA, existem 505 Projetos de Assentamentos com certa de 80.000 famílias, em uma área com mais de 4 milhões de hectares. O debate em torno da educação do campo e as experiências hoje vivenciadas a partir de implantação dos cursos de Técnico em Agropecuária e Agroecologia e Licenciatura em Educação do Campo, por alternância, no Campus Rural do IFPA e na UNIFESSPA, entre outros, é fruto da luta dos trabalhadores rurais pela posse da terra, com apoio de diversas entidades. Nas discussões da mesa redonda, compartilharemos também resultados de pesquisas nesta região do estado, explicitando referências de protagonismo dos atores que compõem o Fórum Paraense de Educação do Campo, movimentos sociais do campo, universidades e setores do poder público (estadual e municipais). Serão discutidas ainda a precarização da realidade educacional enfrentadas pelos sujeitos do campo e o posicionamento quanto à regulação que se institui na relação das populações e movimentos sociais do campo com o Estado e as universidades por ocasião da implementação das políticas de educação do campo na atualidade. Da mesma forma, serão expostos processos de materialização do curso de Licenciatura Plena em Educação do Campo da UNIFESSPA, focalizando, particularmente, os contextos sócios históricos de formação dos educandos, possibilitados pela alternância dos tempos-espaços de formação, sob a orientação das seguintes perguntas: que significados o curso produz para as políticas e os processos de formação?  Como o curso contribui para a consolidação de um campo de saber formulado na tensão que alimenta e impulsiona o projeto de formação de professores do campo.

Palavras-chave: Educação do campo; Movimentos sociais do campo; Luta pela terra.

Trabalhos Relacionados

EVASÃO E PERMANÊNCIA NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DE JOVENS E ADULTOS NOS PROGRAMAS EDUCACIONAIS PROEJA E PRONATEC Download

POLÍTICAS PÚBLICAS NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DE JOVENS E ADULTOS Download